«

»

ago 29

PRESIDENTE DO ROTARY INTERNACIONAL VISITA A GRANJA VIANA

 

 

Barry Rassin, do Rotary Club de East Nassau, Bahamas, Presidente 2018-19 do Rotary International, esteve na região na manhã dessa  terça-feira (28 de agosto). Ele visitou as instalações do CEPRO, CES, Colégio e Faculdades Rio Branco e ficou maravilhado com o que viu.

Em apoio à erradicação da poliomielite, o presidente de Rotary International Barry Rassin está visitando o Brasil. De acordo com ele, o trabalho do Rotary para a erradicação da pólio é uma fonte imensa de inspiração: em 1988, cerca de 350.000 pessoas sofriam paralisia como resultado de infecção pelo vírus da pólio selvagem; em 2017, apenas 22 casos foram documentados. “Nós estamos vivendo um momento incrivelmente empolgante na erradicação da pólio. Um ponto no qual cada novo caso de pólio pode vir a ser o último”, comemora.

 

No entanto, enfatiza que, mesmo após o último caso de pólio ter sido documentado, o trabalho continuará existindo. “A paralisia infantil não estará erradicada até que o comitê responsável confirme isso. Para tanto, nenhum vírus da pólio deve ser encontrado em rios, em esgotos ou em uma criança por pelo menos três anos. Até lá, temos que continuar trabalhando exatamente como agora”, faz questão de frisar.

Além do apoio à Campanha Nacional de Vacinação, a agenda de Barry Rassin ao Brasil incluiu a visita à Fundação de Rotarianos de São Paulo, a maior obra rotária do mundo na área da educação. Acompanhado por diretores e gestores da Fundação e por rotarianos, o presidente conheceu o Colégio Rio Branco, as Faculdades Integradas Rio Branco na Granja Viana e na Lapa, o Ensino a Distância Rio Branco, o Centro Profissionalizante Rio Branco .

o Centro de Educação para Surdos Rio Branco.

Barry ficou encantado com o trabalho realizado. “Rio Branco é realmente singular, por ensinar o aprendizado criativo. É importante nos dias de hoje ensinar as crianças a como pensar, mais do que encher a cabeça delas só com informações. Se pudermos ser criativos e pensar em como fazer as coisas, podermos fazer deste mundo um lugar melhor”, comentou.

Quando questionado sobre o que mais lhe chamou a atenção durante a visita à Granja Viana, ele sorriu e respondeu: “as crianças. Poder aprender nem que seja um pouquinho da linguagem de sinais e dizer olá para elas. E também falar com os adolescentes, a maioria de família carente, mas com o compromisso de aprender. O apoio que esses jovens recebem aqui (no CEPRO) é muito importante, é a oportunidade que tem para mudar de vida”.

E pede que as pessoas continuem este trabalho. “Juntos, vemos um mundo onde as pessoas se unem e entram em ação para causar mudanças duradouras em si mesmas, nas suas comunidades e no mundo todo”, finalizou o presidente, citando a declaração de visão do Rotary International./www.revistacircuito/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>